terça-feira, 30 de maio de 2017

Entender

Passamos a vida tentando entender,
Entender os padrões,
Os motivos,
As farsas,
As alegrias,
As tristezas...
Um sentido para a vida,
Que parece se desfazer completamente num domingo a tarde.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Efemero

Madrugada chuvosa,
Manhã nublada,
A luz tênue que invade minha casa.
Algo a fazer,
Um chá quente,
Coisas para avaliar...
A saudade.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Sentido da vida

Os anos, os meses,
As estações,
Fases da lua
Passam sutilmente sem que percebamos.
A trama humana,
Uma transa,
A paixão profunda ardente,
O nascer do filho,
Nascer do neto.
A morte.
Emoções cotidianas,
Um diploma,
Um emprego,
Aquele olhar correspondido,
Um livro arrebatador.
O sentido da vida ai está.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Verão a vista

E a chuva que vem e vai,
Hoje o sol dourado refletiam o rudo de folhas secas,
Árvores descamando folhas,
Manhãs cada vez mais longas,
Calor, suor,
E o tempo passando.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Divagar

Sei que não é comum, mas ver e ouvir a chuva chover de madrugada é tão reconfortante em nossas camas.
Ah!
Esta incógnita que é a vida.
Como deve ser vivida?
Como devemos fazer valer a pena?
A madrugada assombrosamente me faz pensar.
E a poesia revela,
A existência é tão dolorosa.
Como mudar tudo isso?
Como aceitar?
Respira,
Fecha os olhos e ouve a chuva.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Madrugada

Madrugada fresca,
Céu enluarado,
Estrelas rutilantes,
O cheiro de umidade,
A sombra das árvores,
A lua caminha para o poente,
O céu limpo, claro,
Feliz caminho na madrugada,
Será se vai chover? 

Sabe lá...
Nem tem como pensar,
Contemplar,
Contemplo...
Mais nada.

domingo, 7 de maio de 2017

Os caminhos

A vida em tudo nos surpreende. Tanta coisa nos impressiona, do nascer ao por do sol, desde uma antese floral até o último suspiro. Acabamos por nos acostumar com cada fato e chega o momento que nem os percebemos, nos acostumamos com as situações que as vezes até mesmo cremos ser imortais. Como precisamos aprender a viver, a separar as situações e os fatos, tendo em vista que cada fato é impar. Nós vamos assim vivendo cada momento que às vezes nem paramos para refletir sobre a vida, sobre nós mesmos. Por vezes a vida parece triste e monótona. Vivemos esperando algo que nos impressione. Por que nos acostumamos com as coisas, de certa forma muitas vezes é necessário como quando perdemos alguém. Ah, nossas paixões, os caminhos e o tempo...

terça-feira, 2 de maio de 2017

Chuva

A chuva chovendo,
Desfiando o dia inteiro,
Faz frio, um frio fresco,
Um frio úmido,
Musgos e algas revivem,
Nos troncos e paredes...
A chuva é deliciosa!
Ainda mais daqui de dentro,
Falta só um chá.