quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Poema da tarde

Ano velho que partes,
partes para sempre,
ano velho que passou,
deixas saudades, vitórias.

Ano novo que vens,
vêem com paz e amor,
trás muita cor e sabor,
energia e alegria,
trás novas vitórias,

e a vida vai seguindo sempre
em frente, frente,
e leva-nos pra sempre,

viver, viver...

tarde boa tarde,
de fim de ano,
segue o ano,
ano após ano.

se foi a vida.

Fim do ano

Fim do ano, último dia do ano são 15:30, estamos sentados na sala de Meire eu papai, mamãe e Ana.
O dia hoje foi muito quente e ensolarado!
O vento sopra do sul para o norte.
Almoçamos bastante mais de 2 horas.


Sol eterno sol,
que nasce e se põe,
que traz o dia,
que foge da noite,
sol doce sol,

Flores amarelas floridas nos jardins,
flore roxas de quaresmoeiras,
é o último dia do ano.



Ano longo,
quantos em ti partiram,
quantos em ti nasceram,
quanto crescemos,
e agora estais partindo,
leva para a eternidade,
meus cumprimentos,
um dia partirei,
quem sabe não te encontrarei,


parti, parti...

domingo, 13 de dezembro de 2009

domingo

Assim que acordei, tomei um livro e poz-me a ler. Este maravilhoso livro discorre sobre vida do grande Mahatma Gandhi. Como é deliciosa sua escrita, suas idéias são tão claras que nos faz sentir um intenso desejo de transformar em ação seus objetivos o viver em paz, usando a não violência. Este livro é vivo, cheio de sabedoria que o tempo até foge da mente.
Depois fui tomar o café na manhã de domingo.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

ano

Meu estomago arde, queima.
Estou com forte azia, que sensação horrível.
Logo passa, a noite vai junto com essa dor.

Venho tendo tantas aftas,
o que será?
Stress!
Talvez ando muito inseguro.
Acho que preciso de férias.

Questão

Como traduzir o mundo?

O mundo é um mar de significado. Absolutamente tudo que vemos ou sentimos é possível dar um significado ou melhor, ser traduzido em nossa linguagem, mas será nossa linguagem real? ou simplismente serve para nos encontrarmos no mundo?

Eu posso traduzir tudo que vejo com explicações plausíveis, mas será que fará significado a outras culturas?

Algumas explicações são universais e admissiveis, mas como posso traduzir essa linguagem a outras pessoas, sem ferir o direito do outro compreender? ou como posso adimitir a explicação do outro?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

wind

Sentado na beira do lago,
sinto o ar úmido.
Docemente a brisa vêm,
mexe na água, nas folhas das plantas,
na roupa no quarador,
nos cabelos da menina.

Sentado na beira do lago,
sinto enfadado,
pois não percebo a beleza que me arrudeia,
fico preso aos meus pensamentos, demaisados desejosos.


Não percebo quão fria é a água,
quão bela são as árvores floridas,
e gostoso seu cheiro,
não consigo ver a natureza como algo fora de mim,
pois acredito ser eterno este senário.

E o tempo passa tão transparente em minha face,
tão lenta e fielmente como o dia passa,

e o tempo escorre por entre meus dedos como areia seca,

Ah quando vou perseber quão bela é a vida, quando vou me esquecer de desejar,
de buscar o ideal e viver?

Talvez nunca.

Mas posso sentir essa brisa, marerializada na música de Mozart.

O tempo passará,

mas sempre que essa música soar, serei intantaneamente feliz, completo,
pois tenho a certeza de que o momento me pertence.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Learn

Temos muito que aprender com o mundo.

disapier

O fim do dia veio,
estavamos todos juntos,
o flamengo foi hexa Brasileiro.

não é meia noite, mas já estou com sono.

Que droga hoje aconteceu um acidente e quebrei o ferro da Dani.

acho que vou dormir.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

jogo

Tudo é um jogo de poder,
aprenda a jogar e se tivres sorte, ganharas.

Reflexão

Pare!

Olhe o mundo ao teu redor.
O que voce sente?
Qual a sua crença?

O tempo está passando e o que está esperando?

O tempo não existe, mas se não tens objetivo.

De que vale viver.

Se sua vida é um tédio.

Pare, pense e reflita em que voce pode mudar, se não tens nada para mudar então
siga em frente, pois há muitas pessoas querendo fazer o que voce faz, ser como voce é.

Está valendo a pena?

Reavalie.

viver é arte, emoção, construção.

Aonde quer que voce vá, onde voce estiver.

Voce pode mudar tudo em sua volta e transformar seu mundo mais habitável pra ti.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

dark

A sombra da noite apaga o mundo,
só os felinos e as corujas, vêem a noite.
As sombras da noite inundam meu ser,
de cansaço, medo e insegurança,
sob a sombra da noite,
sou fraco, pois não vejo.

A luz abre a minha mente,
tem mente aberta quem ver no escuro.

Não podemos fugir quando a noite chegar,
porque trevas, as trevas sempre vem e voltam.

Re

Tudo que tem começo, tem fim.
Começo meu texto fazendo uma afirmativa, mas não sei onde esta me levará.
Talvez usei essa afirmação para coser um texto.
Bem isso importa? Visto que tenho um dia longo.
Meu dia começa muito cedo, pois acordo as seis e vou dormir quase a meia noite, durmo praticamente seis horas.
Acho que o fim pode ser o começo, pois temos diversas possibilidades.
O fim do meu dia termina quando começa um novo dia.
Só precisamos buscar nas possiblidades a primeira para começar ou para terminar.
assim como termino meu texto.
Podes começar o seu.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Aids

Dia internacional de combate a aides.

Hoje ouvi apenas um meio de comunicação expondo esse problema,
este foi abordado no jornal a hora do Brasil.

A matéria falava sobre o preconceito sofrido pelas pessoas portadoras da doença.

somente isso.

Será um descaso geral?

Elo

Quantos problemas há no mundo?
Infinitos.
Quantos problemas há no pais?
infinitos.
Quantos problemas há no estado?
infinitos.
Quantos problemas há na cidade?
infinitos.
Quantos problemas há no bairro?
infinitos.
Quantos problemas há na rua?
inifinitos.
Quantos problemas há na casa?
inifinitos.
Qauntos problemas eu tenho?
Infinitos.

Só de pensar que sou apenas uma unidade entre bilhões.
Mas o que ações eu realizo para mudar essa estado.
Talvez não faça muito, mas faço algo.
Acredito num elo entre cada um no mundo, acho que se cada um fizer o mínimo,
seremos capazes de ver essas ações refletirem.

O grande problema é que somos bilhões e precisamos de bilhões de coisas
para suprir nossas necessidades.
Alimentação, vestuário, educação, saúde e recursos para se manter.
Talvez se ao resolver um problema meu resolvo um do outro e do outro...

Precisamos parar para pensar um pouco sobre a realidade da vida, do mundo.