segunda-feira, 31 de agosto de 2009

familia

Mundo, mundo
onde canta o sabiá,
onde o sol é mais quente,
mundo de Raimundo,
José, Sinhã,
chicos e chicas.

Segurança

O que nos faz sentir-mos seguros?
só sei do que me deixa inseguro.

sábado, 29 de agosto de 2009

Gandhi

Quem me dera ter um pouco do amor que Gandhi teve pelo povo.
Adoro suas palavras de paz, ahisma.

internet

Hoje quando acordei estava frio, um friozinho bom de ficar mais tempo na cama, mas a vida nos chama, roupa pra lavar, quarto pra arrumar, artigo pra fazer, lição de inglês.
Tomei a vassoura e varri, passei o pano, lavei o banheiro.
hum tomei um achocolatado e já estou perdido no mundo.
ou melhor na internet

Ontem

Ontem foi sexta-feira e a noite estava tão bela.
O céu todo estrelado,
a lua estava clara,
não fazia calor ou frio, mas uma brisa suave passava.
As ruas estavam vazias, os cães pouco ladravam.
Caminhando para casa, pude sentir que era sexta-feira, pois vi casais saindo pra caminha, ou casais saindo pra jantar.
Saboreei uma pizza maravilhosa com a Ana.
E voltei pra casa, quando voltava percebi o cheiro dos frutos secos da Cassia que é meio esquisito, mas que me faz voltar no tempo de infância.
Pensei em escrever um poema, mas faz tanto tempo que não escrevo um.
Pensei no tempo que ficava sentado balançando numa cadeira velha, e olhando para o céu e o horizonte, aliás sempre lembro tanta cois

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Tarde

Tarde doce tarde vem chegando!
O Sol ardendo aos poucos passando.
Tarde calor, aos poucos vai passando,
ouço longe cantar a cambacica.
Os raios do sol vão horizontalizando,
seguindo poente abaixo.

Ah! tardes quantas tardes já vivi, quntas hei de viver.
sentado, fico a matutar, sobre as tardes,
sempre tão fagueira.

Lembro da poeira amarela em frente a minha velha casa,
onde alguns transeuntes quebravam o silêncio com um cumprimento.
Boa tarde!

Nos pequenos afazeres, tais como por comer pro gado,
tortas, chiquerar o bezerro.

e o sol se vai até chegar a noite.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

noite

O sol vai se por,
o céu está ardendo,
pois o crepúsculo está indicando,
a noite vem chegando.

Toda a natureza vai se recolhendo,
uma a uma as luzes acendendo.

e chega a noite magestosa,
vem me dar mais um pouco de repouso.

Manhã.

O sol intenso brilha,
do nascente uma brisa trilha.
Sob a árvore florida,
canta algremente o sabiá,
e caminho calmante,
através das ruas,
o mundo vai se abrindo,
mais uma vez o dia vai seguindo.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Viva manhã

Amanheceu!
As árvores gotejam água dos pingos da chuva, tranparentes dando intensidade ao brilho solar.
Hoje é mais um dia, um lindo dia no qual fui acordado pelo ao sabor do som das aves.
Senti o doce cheiro da laranja seu doce ácido e o consistende doce da maça.
O verde das árvores que se revestem depois do frio do inverno junto as cores das flores me emocionam profundamente, me dar prazer intenso prazer de viver.
E logo a manhã se vai junto com meu humor, mas espero por outra manhar pra recomeçar tudo novamente.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Situações

O homem faz as situações e seus sentidos, senão resta apenas o mundo.
Mundo vasto mundo.

Lembranças

O sol quente está caindo no poente. O período é de estiagem mais ou menos no mês de outubro.
O chão está seco, assim como a vegetação. Enquanto o sol cai, José foi buscar o jeque pra dar água e matar a sede. Nesse tempo tudo está seco, e os animais se arremedeiam como a palha lavoura ou as hastes herbáceas. Ele chega em casa então Sinha enche uma cuia de água que o jumente toma com maior sede. Ou Zé esse cabresto já ta velho melhor comprar outra corda, vai que esse danado arrebenta a corda e vai ter dificuldade de pegar ele cedo pra butar água.
De verde nesse tempo só tem os oio dos pinhão brabo.
Tá tudo cinza. Vez por outra quando Zé vai amarrar o jumento em outro local corre um preazinho.
Hum hoje é noite de lua cheia, vamos ver ela nascer no pé do serrote.
voce ouviu aquele carro passar? ah vi devia ser Chator.
E o sertão continua em sua paz.

viva

Não fume!
Não beba!
viva intensamente, cada momento é impar.
e a viva é efêmera.

Paciência

Temos que ter paciência, pois o Brasil está cheio de pessoas espertas, querendo passar a perna no outros, mas essa realidade não corresponde a todas pessoas, visto temos muitas pessoas com caráter capaz de ser honesto. O que nos evergonha são esses políticos donos do poder que fazem e desfazem de nosso sistema complexo, porém cheio de falhas que os acobertam. Temos uma comição de ética que arquiva processos, em favor dos réus que erram diante da lei, pois estes tem o rabo preso.
Nosso poder execultiva infelizmente é muito muito esperto e vive nos envergonhando o pior é que essa situação irá muito além de nosso tempo.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Família

Avós, tios, pai, mãe e irmãos constituem a família.
A família é o cerne da sociedade.
Como é bom ter uma família, por mais complicada que seja, numerosa ou não, é um pilar sobre o qual o ser humano torna-se mais forte.
Por isso é importante prezar pela família, pois seus laços vão além do abstrato, está ligada pelo sangue, pela cultura, pela genese.
Amar a família é sinal de força, continência e sapiência, pois é através da família que imortalizamos a vida.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

???

Suave como o vento,
como uma pluma,
flutua no ar,
vaga no espaço minha mente,
nada pra me atrapalhar,
quão groceira é a vida para quem não tem cautela.

Amar

Há coisas que não posso tocar,
não posso tocar no teu amor,
mas posso senti-lo tão intensamente,
através de sua respiração,
sua puslação,
o calor de sua pele.

Essas coisas nos fazem mais felizes.
amar e ser correspondido, compreendido.

Sei que a vida é passageira, mas enquanto estiveres ao meu lado,
tenho a certeza que estarei eternamente feliz.

Eu poderei ver mais intensamente as cores do arco-ires, o calor do sol, o frio menos ameno.

porque quando estou ao teu lado sou o homem mais completo
e quando estou longe de voce, sinto um intenso desejo de reencontrar com voce, e ver esse teu sorriso, mais belo um belo dia de sol.

simplismente porque eu te amo,

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

noite estrela...

E a noite vem vindo, suave macia e fria,
vem chegando vazia,
levando a luz, cada vez mais fria,
dar o ar da graça para as estrelas.
que brilham pontualmente no céu,
céu furado pelas estrelas.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Busca

Posso viajar, buscar meu inteior.
ouvir meu som, sentir o meu ser,
as vezes tão cheio, às vezes tão vazio.
vivo tentando encontar-me,
conhecer a mim mesmo,
essa busca espiritual,
me leva a viajar por mundos nunca imaginados,
pois não sei quem sou nem de onde vim.
Apenas busco a felicidade, essência da vida.

riso

O teu riso,
é uma fonte se inspiração,
enche meu coração,
de saudades, amor e paz.
o teu riso,
vale ouro,
é meu tesouro,
nada dura para sempre,
mas teu sorriso,
quero te-lo eternamente.

A tarde

Fim de tarde,
tarde sem sol,
sisia o sabiá,
fim de tarde sem crepúsculo,
noite fria,
rua vazia,
bem, ainda bem que ao dormir a noite,
temos outro dia,
tarde de alarde,
tarde sem sol,
vazia e fria.

Primavera

O inverno está partindo,
as folhas caindo,
as flores surgindo,
o céu se abrindo,
as chuvas causuais, aparecem inesperadamente,
nuvens parciais,
logo teremos a primavera,
a natureza mais bela,
a vida segue ao sabor do vento,
no nascente ao poente,
flores caem levadas ao vendo,
e os frutos logo aparecerão,
frutos da paixão,
e a vida se recria.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Viva

Viva a vida,
vida vivida,
cada pardida,
uma doce volta,
volta e ida,
vai e volta,
vivendo e aprendendo,
a casa porto,
uma experiência,
viver não é preciso.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Fim de tarde

Fim de tarde,
arde o corpo,
horizonte vermelho,
esfria a cor,
verde, branco, azul, vermelho,
tudo fica negro,
total ausência de cor...
estrelas virão,
frio desce,
a noite fria,
clara pela luz fria.

mundo

Profundo, o mundo...
mundo azul,
lindo horizonte,
encarnado, amarelo queimado...
onde começa e termina
o dia e a noite.
nos extremos vemos o crepúsculo.

Primavera

Logo chegará a primavera,
as folhas já estão caindo,
colorindo as calçadas,
as árvores nuas se ornam de flores.
Os ipês amarelos doiram as tardes nas ruas secas.
vem a primavera,
que belo será.
qunado tu chegar.

domingo, 16 de agosto de 2009

Fuga

Música,
trabalho,
passa tempo, passa...
meu coração está machucado.
tenho que fazer algo,
algo pra não enlouquecer
vai ser agora vou trabalhar.
boa noite.

Loucura

Estou com muito medo, para mim tudo está muito incerto, a incerteza está me consumindo, cada minuto, segundo.
Minha alma está totalmente perturbada, tenho muitas dúvidas em minha vida.
Nunca senti um vazio tão grande em minha vida, quanta falta de sentido.
Nunca senti tanto vazio, hoje estou com muito medo,
hei de sobreviver e reagir a esse sentimento que toma conta de mim.
Nem o brilho da noite estrelada está me fazendo bem.
O tic tac está me provocando agonia.

Luz da minha vida, não deixa minha alma fugir.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

O sol

Pleno o sol,
no alto de sua magestade,
brilha intensamente,
abre minha a mente, pois me faz ver as cores,
ingoro as dores,
o sol magestoso, cozinha meus miolos.
rouba meu frio,
me leva a ver o mundo, como deve ser visto,
sem mitos.
Sol, desvenda minha alma,
traz a mim toda calma,
pois me acho imobilizado, com medo.
me aquece,
da-me luz pra fugir da prisão.
Prisão doce prisão do meu coração~.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Renascer

Tudo se renova no momento certo, mas não sabemos que momento é esse.
Cada um dia podes se renovar, renascer.
Tudo na vida parece bem, mas na verdade pode está se renovando ou renascendo.
Temos ancia pelo renascer, mas nunca devemos perder o gancho da vida, pois essa fase de transição é conturbada, é como um titulação, uma gota é o suficiente para uma metamorfose.
A vida é efêmera, nos faz assim, sempre pronto pra renascer.
Estamos em constantes fases de transição, temos que tomar decisões certas, porque depois de tomada, será impossível revertê-las, só o amor pode faze-lo.

Como diria Gandhi: "O amor é a força abstrata mais potente, capaz de tudo transformar a vida".